Segunda-feira, 28 de Junho de 2004

Quem matou o Amor???

MorteAmor.jpg


Houve uma vez na história do mundo, um dia terrível em que o Ódio que é
o rei dos maus sentimentos, dos defeitos e das más
virtudes, convocou uma reunião urgente com todos eles.
Todos os sentimentos escuros do mundo e os desejos mais perversos do
coração humano chegaram a esta reunião com muita
curiosidade para saber qual era o motivo desta.



Quando todos já estavam lá, falou o Ódio:
  "Os reuni aqui a todos porque desejo com todas as minhas forças matar
alguém"
Todos ali, não estranharam muito, pois era o Ódio quem estava falando e
ele sempre quer matar alguém, mas, todos se
perguntavam, quem seria tão difícil de matar que o Ódio necessitava da
ajuda de todos.
"Quero matar o Amor" - disse.
Muitos sorriram com maldade, pois mais do que um ali, tinha a mesma vontade.
O primeiro voluntário foi o Mau Carácter, que disse:
"Eu irei e podem ter certeza que em um ano o Amor terá morrido,
provocarei tal discórdia e raiva que não vai conseguir suportar".
Depois de um ano reuniram-se outra vez e ao escutar o relato do Mau
Caráter ficaram decepcionados.
"Eu sinto muito, bem que tentei de tudo, mas cada vez que eu semeava
discórdia, o Amor superava e seguia seu caminho".
Foi então quando muito rapidamente se ofereceu a Ambição que fazendo
alarde do seu poder disse:
"Já que o Mau Caráter fracassou irei eu. Desviarei a atenção do Amor,
com o desejo por riqueza e pelo poder, isso ele nunca
irá ignorar".
E começou a Ambição o ataque contra sua vitima, que efectivamente caiu
ferida, mas depois de lutar encontrou a cura,
renunciou a todo desejo exagerado de poder e triunfo.
Furioso o Ódio enviou os Ciúmes, esses bufões perversos inventaram todo
tipo de artimanhas e situações para confundir o Amor e machucaram-no com
dúvidas e suspeitas infundadas, mas o Amor confuso chorou e pensou que
não queria morrer e com valentia e força se impôs sobre eles e os venceu.
Ano após ano, o Ódio seguiu em sua luta enviando a Frieza, o Egoísmo, a
Indiferença, a Pobreza, a Enfermidade e muitos outros que fracassaram
sempre.
O Ódio convencido de que o Amor era invencível, disse isso aos demais:
"Nada pude fazer, O Amor suportou tudo, levámos muitos anos insistindo e
não conseguimos".
De repente de um cantinho do auditório se levantou um sentimento pouco
conhecido e que se vestia todo de preto. Com um
chapéu gigante que escondia seu rosto e não deixava ver seu rosto. Seu aspecto parecia a morte.
"Eu matarei o Amor, disse com segurança".
Todos se perguntavam quem era esse que pretendia fazer só o que nenhum
deles havia conseguido.
O Ódio disse: "Vá e faça".
Havia passado pouco tempo, quando o Ódio voltou a convocar a todos para
comunicar-lhes que finalmente o Amor havia morrido.
Todos estavam felizes mas também surpresos. E o sentimento do chapéu preto falou:
Aqui eu os entrego o Amor totalmente morto e esquartejado.
E sem dizer mais nada já estava saindo.
  "Espera.... - disse o Ódio - Em tão pouco tempo você eliminou-o
completamente, deixando-o desesperado e por isso mesmo
não fez o menor esforço para viver! Quem é você?".
  O sentimento pela primeira vez levantou seu horrível rosto e disse:



"Sou a rotina".

Publicado por: Nuno_Ferreira às 14:39

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos -> :)
|
18 comentários:
De RAFAELA a 12 de Maio de 2009 às 00:22
ESTOU EMOCIONADA VC E UMA DAS POUKAS PESSOAS QUE CONSEGUEM ENCHERGAR ESSE LADO DO AMAR E DO òDIO.ESSES TAO DIFERENTES ,POREM SENTIDOS COM A MESMA INTENCIDADE! RAFAELA ALBUKERKE
De CARLOS EDUARDO a 29 de Fevereiro de 2008 às 03:59
OLA..NÃO ACREDITO QUE A ROTINA SEJE UM SENTIMENTO.ENTÃO ELA NÃO PODE MATAR O AMOR.ACREDITO SIM QUE SO O SOFRIMENTO PODE MATAR O AMOR.E QUEM CAUSA O SOFRIMENTO??TODOS OS SENTIMENTOS QUE TENTARAM MATA_LO.
POR QUE A ROTINA PODE SER QUEBRADA COM UM POUCO DE CARINHO DE AMOR.UM SIMPLES PASSEIO AO LUAR .O SOFRIMENTO SIM PODE MATAR O AMOR.
E LEVAR NOS A TER VARIOS OUTRO SENTIMENTO RUINS ..NUNCA MACHUQUE UM CORAÇÃO..VC PODE ESTAR DENTRO DELE..ABRAÇO
De inconfidente a 28 de Junho de 2004 às 16:08
Nós é que criamos a rotina.....logo...nós é que matamos o amor!!!!!somos uns assassinos!!!!
Hoje deu-me para os silogismos......
Beijos
De Marta a 28 de Junho de 2004 às 16:57
Um bom texto para refletir, o melhor é saber que nem sempre é assim. Beijo
De Leoa Neurtica a 28 de Junho de 2004 às 17:18
Excelente post, Nuno! Focaste o maior dos males da todas e quaiquer relação. É que realmente resistimos a tudo, menos á rotina; e, curiosamente, somos nós que a criamos. Portanto temos, de certa forma, de lutar contra nós mesmos!
Beijinhos!

(Tou de volta!)
De Quase Um Anjo a 28 de Junho de 2004 às 18:27
Oi amigo lindo, boa tarde!! Acho que quem mata o amor é a rotina, a mesmice, a intolerância, e muitas outras coisas...É isso aí migo...mas vamos ressucitar o amor!! Um ótimo inicio de semana!! Beijokas
De FP a 28 de Junho de 2004 às 19:27
Desculpa mas n acredito q a rotina sózinha, consiga matar o amor... tem de haver mt mais à mistura...bjs
De meialua a 28 de Junho de 2004 às 19:38
O texto é muito bonito, e sim a rotina pode realmente matar o amor se não se souber superar, mas há também muitas outras coisas que matam o amor até mais facilmente. Como o ciúme, a falta de confiança, a inseguraça, e tantas outras coisas... Mas se pudemos fugir delas, compreende-las, lutar para que não acontecam também saberemos não cair na rotina e ultrapssa-la deixando o amor viver...
Boa semana e um beijo enorme*
De myryan a 29 de Junho de 2004 às 02:13
este texto fez-me lembrar aquela historia:" o amor pergunta ao ódio-porque me odeias tanto? e responde-lhe o ódio-porque um dia amei-te demais".É, o limiar dos sentimentos é muito frágil...muitas vezes quebram-se como se nunca tivessem sido fortes e no entanto ha tantas histórias de amores guerreiros que terminam como se nunca tivesse havido sentimento. a vida meu amigo,continua a ser este mistério...
De angeliser a 29 de Junho de 2004 às 02:14
Olá, gostei mto deste teu texto.
Penso que só o ódio, raiva, quem trai pode matar o amor.
Quando 2 corações se amam um ao outro apenas a morte pode matar o amor.
Mas será que até na morte n podem estar juntos?
Felicidades.

Ps: Tá 1 erro nos links é Angeliser dos PoetasLunares.
www.poetaslunares.blogs.sapo.pt

Obrigado

Comentar post ->

.Mais sobre mim:

.Pesquisar neste blog:

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes:

. Michael Buble - "Haven't ...

. 2ºs Jogos da Lusofonia - ...

. "Grande Homem..."

. O Valor das Pessoas...

. "A vida é uma corrida con...

. O Corpo Feminino...

. Sorrir ou não sorrir, eis...

. GOSTO DE...

. METADE...

. Shayne Ward - No Promises

.Arquivos:

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds